Victor Malta leva o tricampeonato na Corrida dos Amigos 2018

Chegou ao fim no último dia 30 de junho mais uma edição da Copa Corrida dos Amigos. E entre tantos destaques, um nome vai alcançando marcas difíceis de serem batidas em um futuro próximo. Trata-se de Victor Malta, o “fenômeno”. Em cinco edições deste que já se consolidou como um dos campeonatos mais difíceis de Minas, o piloto faturou dois vice-campeonatos e três títulos. Isso mesmo. Em duelo direto contra Gustavo Flausino, o fenômeno fez mais pontos na finalíssima no Kartódromo de Betim, e ficou com mais um troféu da categoria principal.

“Tudo que eu precisava para ser campeão era chegar na frente do Flausino. Fui para a tomada de tempo pensando em fazer a pole-position para garantir mais um ponto. Consegui. A corrida foi bem disputada, trocando posições com o Wanderson, Flausino e Durzi, durante a corrida eu só pensava em ficar na frente do Flausino para me garantir. Acabei chegando em terceiro, e se não me engano ele chegou em sétimo.”, contou o tricampeão.

“Na segunda corrida o pensamento foi o mesmo, mas logo na largada caí pra última posição e vi o Flausino já em quarto. Na segunda volta tentei arriscar e fui para sétimo em uma curva, porém aconteceu o pior: tentaram me rodar e eu fui para a grama de lado! Consegui segurar o kart e cai pra último de novo, mas era só o início da corrida. Batalhei até o final, sem desistir e fui ultrapassando até chegar no Flausino. Porém não consegui ultrapassar ele e assim finalizou a corrida. Não me lembrava bem dos descartes mas sabia que o dele era melhor que o meu. Porém obtive vantagem ao chegar na primeira corrida em terceiro. Saiu o resultado e me consagrei campeão. Ou melhor né, tricampeão. Um agradecimento especial para o Flausino, um exímio piloto de kart, as nossas dispostas foram sensacionais. Campeonato equilibrado, bem organizado. Parabéns para os organizadores do campeonato.”, finalizou o Fenômeno.

As corridas foram disputadíssimas como sempre são. Na primeira corrida, vitória de Bruno Durzi, seguido por Wanderson Freitas e Victor Malta. A diferença até o nono colocado na linha de chegada foi de apenas quatro segundos.

Já na segunda corrida, e com a habitual inversão dos 16 primeiros, quem se deu bem foi Gerdan. Alexandre Vieira e Lucas Bessas completaram o top3. Mais uma vez a diferença entre os pilotos foi mínima: pouco mais de cinco segundos do primeiro ao décimo, ao término da corrida.

Flausino foi o vice-campeão, e os pilotos Wanderson Freitas, Alexandre Vieira e Bruno Durzi completaram o top5 da categoria principal.

As informações do próximo campeonato já estão disponíveis em www.corridadosamigos.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu